etiquetas de gôndolas - precificação

Vantagens de usar etiquetas de gôndolas e novas regras

Você sabia que as etiquetas de gôndola são instrumentos que fazem parte da automatização do processo de vendas?

As etiquetas de gôndola fornecem os dados para as leitoras de código de barras no PDV, agilizando o processo de atualização dos preços e na hora de registrar as informações das mercadorias.

Sem contar que, outro papel importante das etiquetas de gôndola é auxiliar os consumidores a conhecer as informações sobre o produto.

Sem dúvidas, o uso dessa ferramenta assegura o cumprimento do dever do varejista de fornecer os principais dados dos itens para o cliente.

Continue a leitura desse artigo e conheça a fundo sobre o uso das etiquetas de gôndolas e a nova lei de utilização desses instrumentos.

Acompanhe!

A importância das etiquetas de gôndolas

Produtos vendidos a peso devem ter, obrigatoriamente em suas embalagens os preços. Afinal, cada pesagem terá um valor diferente.

Bem, como de costume, essas etiquetas são fornecidas pelas balanças.

Em contrapartida, os produtos que não entram nesse caso não precisam levar etiquetagem individual.

Esse método é totalmente arcaico e necessita de muitas horas de trabalho dos funcionários do estabelecimento.

Pare para analisar desperdício de mão de obra que você tem toda vez que solicita para um funcionário atualizar os preços de todos os produtos das prateleiras, é realmente desnecessário!

Desse modo, as etiquetas de gôndola servem para agilizar esse processo, fornecendo aos consumidores todas as informações sobre o produto em um determinado espaço da prateleira.

Benefícios das etiquetas nas gôndolas

Identificar as mercadorias é uma obrigatoriedade nos estabelecimentos varejistas e a etiquetagem é uma clássica atividade dos supermercados. 

O problema é que etiquetar produto por produto que está exposto na prateleira é uma tarefa morosa.

Entretanto, o uso da etiqueta de gôndola traz a vantagem de agilizar o processo. 

Além disso, as etiquetas de gôndola padronizam as prateleiras, sem que falte informações necessárias para os clientes.

Esteticamente, o seu supermercado se torna mais atraente e organizado, com as etiquetas de gôndola.

Não somente, elas também contribuem para a automatização da identificação de produtos. 

Erros evitados com as etiquetas de gôndolas 

Um dos benefícios mais interessantes da etiquetagem na gôndola é a redução de erros que são comumente cometidos nos supermercados.

Nesse contexto, etiquetas eletrônicas são pioneiras no quesito eliminação desses problemas.

Bem, é muito comum que haja a devolução de produtos quando eles estão precificados de forma incorreta. 

Mas, com o sistema de etiqueta eletrônica é possível reduzir por completo essas divergências. 

Isso porque, elas auxiliam no controle dos descontos oferecidos de maneira automatizada.

Não podemos nos esquecer que, em média, as grandes redes do varejo têm um prejuízo de cerca de R$ 20 mil decorrente desses erros de precificação.

Então, se você deseja fugir dessas desatualizações, apostar em tecnologia para tornar a gestão mais eficiente pode ser a melhor saída. 

Ei, você quer saber como não errar com os cartazes? Clique aqui e saiba como criar cartazes de oferta sem erro!

Mudanças nas leis

Mais recentemente, a legislação brasileira alterou alguns pontos relacionados às etiquetas de gondola.

No dia 07 de julho de 2021 foi publicada a 14.181 de 01 de julho de 2021, que altera o Código do consumidor (Lei nº 8.078, de 11.09.1990) e além disso, o Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003).

Então, a partir de agora, as etiquetas gondola, inclusive as promocionais, devem conter o preço por unidade de medida, preço total do produto, características do produto e código de barras.

Vale salientar que essa regra é aplicada para produtos comercializados pelos supermercados.

Então, sendo industrializados ou não, a etiquetagem precisa ser dessa forma. 

É importante lembrar que o intuito da mudança das etiquetas de gôndola é gerar uma melhor educação financeira dos consumidores. 

Dessa forma, espera-se que, dentre outras ações, o brasileiro tenha uma melhor noção dos preços no mercado, para evitar o endividamento.

Tendo em vista que a lei entrou em vigor em 1º de julho de 2021, o seu supermercado deve, desde já, atualizar as informações.

Por isso, conte com softwares especializados para a impressão das novas etiquetas que contenham as informações corretas, para evitar possíveis sanções e multas! 

Conheça o eficiente sistema de precificação da Preço prático

Se o seu gargalo também são os cartazes de oferta, conte com a Preço Prático para ajudar você!

Nós temos um sistema online super eficiente para a criação de centenas de cartazes padronizados em poucos minutos!

Ficou curioso(a) para conhecer? Então clique aqui e conheça a nossa solução e a tabela de preços! 

Você gostou desse artigo? Então, confira mais conteúdos voltados para o ramo varejista em nosso blog!

Fique por dentro dos nossos conteúdos semanais!

Fique tranquilo, nunca enviaremos spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *