como supermercados estão superando desafios na pandemia: entregador de delivery entregando uma sacola de compras para uma mulher.

Saiba como os supermercados estão superando desafios na pandemia

O Brasil sofre as consequências da pandemia do covid-19 desde meados de março de 2020, e muitas coisas mudaram por aqui. Pessoas e negócios foram reestruturados para viver um “novo normal”, e nesse cenário houve um prejuízo de forma orgânica na economia do país. Diversos estabelecimentos se viram sem saída, e a alternativa para não sucumbir em dívidas foi fechar as portas.

Outros comércios, viveram dias em baixa nas vendas, graças às medidas restritivas para a contenção do coronavírus.

Mesmo diante dessa realidade desastrosa para muitos segmentos do varejo, a estrela ainda brilhava para um setor, que tem sido invicto desde o ano passado: os supermercados.

Mesmo com as restrições nos estados brasileiros, esse segmento, visto como atividade essencial, continuou funcionando.

Consequentemente, o setor supermercadista vive em tempos de positividade.

De acordo com o Departamento de Economia e Pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), esse setor cresceu, somente no primeiro semestre de 2020, 3,47%.

Continue a leitura e saiba como os supermercados estão superando os desafios mesmo em um cenário pandêmico.

O cenário da pandemia para os supermercados e a forma como eles estão superando esses desafios!

As pesquisas não mentem, de acordo com os dados da Pesquisa Mensal de Comércio realizada em 2020, em todo o mundo, o comércio teve uma queda de 0,6%.

Entretanto, os setores de venda de produtos alimentícios como os supermercados, tiveram um aumento significativo, e essa foi uma contenção para que o recuo do comércio geral não fosse maior.

Somente os supermercados foram responsáveis por mais de 50% das vendas no varejo. Mas como esse crescimento ocorreu de forma tão rápida?

Isso pode ser explicado pela migração de consumo das pessoas.

Diante o cenário pandêmico, os supermercados foram (e ainda são) referência para compra, não somente de alimentos, mas de itens essenciais para as famílias.

Graças às medidas restritivas, outros segmentos do varejo estavam fechados, restando os supermercados como via para a compra dos mais diversos itens.

Ainda, de acordo com a ABRAS, o aumento nas vendas dos supermercados também teve como propulsor a priorização do abastecimento de casa, visto que as famílias passaram a consumir em suas residências.

Índice de vendas dos supermercados

Mesmo com a inflação que assola os produtos nas prateleiras do mercado, com alta dos preços em disparada, os supermercados não deixaram de vender.

Na realidade, os supermercados obtiveram crescimento totalmente fora da curva dos últimos anos.

De acordo com a ABRAS, o setor aumentou as suas vendas 9,36% em 2020, enquanto o seu crescimento em 2019 foi de 3,69%.

Nos últimos 10 anos, o maior crescimento registrado do setor foi em 2013, fechando o ano em 5,36%.

A digitalização dos supermercados

Até aqui vimos como o cenário pode ter favorecido os supermercados, mas será que o modelo tradicional de vendas sustentará por muito tempo esse crescimento?

A resposta é não.

Para atender os vorazes consumidores, com exigências cada vez maiores, o setor supermercadista passa por um processo de digitalização.

Até 2020, as vendas pela internet de itens comuns de supermercado como arroz, feijão, frutas e verduras eram muito baixas.

Na verdade, muitos estabelecimentos não atuavam dessa forma, através do comércio eletrônico.

Entretanto, com o advento da pandemia no Brasil e o isolamento social, os supermercados precisaram se adaptar, tanto para atender fisicamente, quanto virtualmente os seus clientes.

Então, diante desse cenário, novas formas de atendimento foram descobertas pelos gestores desses estabelecimentos, e assim nasce uma nova Era dos supermercados.

O omnichannel

Para atender aqueles consumidores que puderam estar em quarentena com os seus familiares, os supermercados apresentaram as vendas online dos seus produtos.

Mesmo não fazendo parte do maior volume de vendas, a estratégia online é um atrativo.

Isso porque, esse consumidor pode se tornar um futuro cliente assíduo do estabelecimento, visto que este conhecerá os produtos oferecidos.

Nesse cenário, a digitalização dos supermercados ocorre de diversas formas, podendo estar presente em sites oficiais, redes sociais ou em marketplaces.

Evolução das formas de pagamento

Os famosos tickets de alimentação, dinheiro e cartão não são mais as únicas formas de pagar nos supermercados.

Com a evolução das formas de pagamento, esses estabelecimentos precisam se adaptar para vender mais, aceitando as opções disponíveis do consumidor.

Isso porque a digitalização dos processos chegou, inclusive, para os meios de pagamento.

Dessa forma, tecnologias como PIX, PicPay, QR code e pagamento por aproximação de SmartWatch estão sendo adotadas nesses ambientes.

Delivery

Os famosos aplicativos de entrega de comida como UberEats e Ifood também são uma nova janela de oportunidade para os supermercados nesse momento pandêmico.

Isso porque essas soluções deixaram de entregar somente fast food, e hoje, trabalham com a entrega de  itens do dia a dia que estão presentes no varejo.

Dessa forma, o cliente encontra mais uma comodidade em comprar, tendo em vista que o deslocamento até o ponto de venda não será mais necessário.

Essa modalidade não apresenta benefícios somente para o cliente, o supermercado também leva as suas vantagens.

Isso porque os custos operacionais são reduzidos nessa modalidade, visto que o próprio sistema cuida de todo o trabalho pré e pós compra.

Superando os desafios da pandemia através automatização dos processos nos supermercados

Não poderíamos falar da inserção da tecnologia nos supermercados sem citar a automatização dos processos.

Com o aumento da demanda no mercado, os gestores precisaram adaptar a forma de administrar os estabelecimentos, em busca de maior desempenho e agilidade.

Nesse sentido, a busca por sistemas que automatizam processos, como os ERPs, PDVs e sistemas online para a criação de cartazes foram essenciais para a saúde financeira do negócio nesse momento de superação de desafios.

Gostou das informações? Leia mais conteúdos acessando os outros artigos do nosso blog clicando aqui.

Fique por dentro dos nossos conteúdos semanais!
Fique tranquilo, nunca enviaremos spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *