comunicação visual: prateleiras de uma loja de varejo e um rapaz com um carrinho de mercado.

Como a falta de comunicação visual pode atrapalhar suas vendas?

Com certeza você já desistiu de comprar em algum estabelecimento em que as seções não tinham organização e os produtos eram difíceis de encontrar. Para oferecer uma experiência de excelência para o cliente, é fundamental que estes se sintam com a devida orientação e confortáveis no seu negócio, certo?

Por isso, em estabelecimentos comerciais, é necessário criar estratégias visuais, a fim de oferecer uma maior facilidade com relação à orientação na sua loja. Assim, o cliente encontrará facilmente o que procura.

As placas de sinalização interna servem para identificar, sinalizar perigos e proibições, informar sobre promoções e lançamentos, entre outras funções.  

Além disso, um ambiente atraente causa uma ótima impressão e ajuda a compor a identidade visual.

Continue a leitura para descobrir como essa falta de comunicação pode ser prejudicial, e no final desse artigo leia as dicas de como ser expert nesse assunto!

Humanos são visuais

A comunicação visual é tão importante devido ao seguinte fato: acredita-se que, mais de 80% de toda a informação que o ser humano capta do exterior e que se transporta até ao cérebro, tem sua obtenção de forma visual.

Por isso, se você deseja ter uma comunicação mais assertiva, é essencial investir em peças que apelam para tal.

Nesse contexto, as empresas devem trabalhar sua comunicação visual incluindo placas de sinalização que ajudem na mobilidade dos clientes e forneçam informações referentes à promoção e divulgação de seus produtos e serviços.

A má comunicação e suas consequências

Imagine a situação de entrar em um supermercado e não conseguir encontrar um simples molho de tomate, porque são tantas opções que o cliente não sabe nem por onde começar a procurar.

Com certeza deve ser desestimulador para essas pessoas circularem em todas as seções para encontrar um produto.

Dessa forma, quanto menos informações você oferece para o seu cliente, menos vontade de comprar em seu estabelecimento ele terá.

Agora pensando em outra situação, em que os gestores resolveram disponibilizar cartazes, mas estes não são tão claros e confundem ainda mais o cliente.

Esses erros ocorrem porque montar um anúncio sem planejamento tem chances de dar muito errado.

É preciso repensar o significado desses anúncios. Elaborar um cartaz vai muito além de apenas escrever um nome, colocar o preço e deixar em evidência perto do produto.

Quando isso é feito sem planejamento, os resultados podem não ser tão bons. Dessa forma, diminuem-se as chances de vendas, que podem prejudicar a imagem do varejista.

Saiba que a preocupação com a elaboração de anúncios e cartazes se deve ao crescente nível de exigência dos consumidores.

Com isso, é preciso pensar bem as estratégias de propaganda no varejo, a fim de transmitir as informações de forma mais clara e atrativa possível.  

A função dos cartazes na precificação

Os cartazes têm papel crucial na orientação e localização do cliente na loja, entretanto, as funções dessa ferramenta não se restringem somente a isso.

Esse recurso é fundamental também para a  precificação dos produtos. Assim, os preços podem ser expostos de forma clara e eficiente.

Para ter bons resultados e economia, é essencial que esses cartazes de precificação sejam feitos em materiais duráveis. Ainda, eles devem conter espaço suficiente para incluir números e os nomes dos produtos.  

Dicas de como melhorar a comunicação visual com seu cliente

Agora que você viu o quão prejudicial pode ser a falta de comunicação com o cliente, vamos te ensinar como ter uma melhor comunicação visual, para assim gerar resultados bastante positivos para o seu estabelecimento:

Preste atenção nas cores para criar uma identidade visual

Como vimos anteriormente, acredita-se que a visão é uma das mais importantes portas de entrada para a percepção do ser humano.

Nesse sentido, as cores são fatores capazes de despertar emoções que influenciam diretamente na forma como os produtos são percebidos pelo consumidor.

Assim, cores específicas fazem com que as pessoas atribuam determinadas sensações. Por exemplo, o vermelho desperta paixões e inquietudes, estimulando a energia e incentivando ações. O amarelo é otimista e jovem. O laranja apela à ação, para inscrições, compras e vendas. O rosa é romântico e feminino, enquanto o preto, poderoso e altivo, é usado para artigos e lojas de luxo.

Dessa forma, observe qual é o segmento do negócio que você atua. E em seguida, associe as cores às sensações que é preciso despertar no cliente para estimular o consumo.

Cuide da iluminação

Do que adianta montar toda paleta de cores do estabelecimento se a iluminação não é atraente?

Por isso, preste atenção em como está distribuída a luz do local.

Lembre-se que a iluminação é capaz de construir toda a atmosfera da loja, ajudando a atrair o interesse dos clientes para itens de destaque.

O efeito dessa variável é tão grande que mesmo em áreas mais escondidas e menos movimentadas, apenas com o efeito da luz o consumidor pode atrair-se para lá.

Atente-se na distribuição dos produtos e cartazes na seção

Você sabia que uma rápida análise visual do seu cliente pode influenciar na decisão de compra dele? Isso mesmo! A forma como os itens podem ser distribuídos na seção pode atrair ou repelir esses consumidores.

Por isso, é necessário planejar uma estratégia para melhorar a comunicação de seu supermercado por meio da organização.

Então, por exemplo, pense em uma situação de organização horizontal em uma determinada seção. Se você não se importa se a altura dos empilhamentos cria um ambiente visualmente confortável e com fácil acesso aos olhos do cliente, provavelmente você estará perdendo as vendas.

Além disso, os cartazes de preços precisam estar em harmonia com a organização dos itens, pois a comunicação visual é um grande influenciador na decisão de compra.

A exposição dos preços

Não há dúvidas que os preços estão entre os fatores que mais influenciam a decisão de compra. Nesse sentido, apresentá-los adequadamente é essencial.

Dessa forma, os cartazes de preços precisam ser acessíveis para os clientes, de modo que estes consigam identificar com facilidade as informações.

Essa forma de comunicação precisa ser clara e objetiva, como o nome do produto e seu respectivo preço.

Não somente, outro fator que deve ser levado em consideração são as fontes dos cartazes. Esses elementos devem possuir um tamanho adequado, para que o cliente identifique o valor a distância.

Gostou do conteúdo? Você pode encontrar muito mais acessando o nosso blog clicando aqui! Os artigos são direcionados a você para dar um upgrade na relação com os seus clientes!

Tem alguma dúvida? Compartilhe conosco nos comentários, podemos te ajudar!

Fique por dentro dos nossos conteúdos semanais!
Fique tranquilo, nunca enviaremos spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *