atraia clientes atraia clientes para o varejo: na imagem, bancada de frutas com cartazes anunciando preços.

7 Dicas para atrair clientes no varejo sem grandes investimentos

Afirmar que atrair clientes no varejo pode ser uma ação cara é apenas conversa.

Na verdade, isso depende mais de estudos estratégicos e criatividade do que injetar milhares de reais na promoção do seu negócio.

Por isso, acalme-se, não será necessário investir em grandes armações coloridas ou contratar pessoas famosas no segmento para gerar algum interesse nos seus clientes.

Atualmente, os varejistas podem contar com diversas ferramentas do marketing para atrair clientes para a loja e claro, contar com a ajuda da tecnologia para disseminar informações acerca dos produtos e ofertas disponibilizadas.

Ficou curioso para saber como atrair clientes no varejo sem grandes investimentos?

Continue a leitura do artigo e aprenda 7 dicas para alavancar as vendas no seu estabelecimento.

1.      Conheça o seu público alvo para atrair clientes ao varejo

A primeira coisa que você deve saber sobre investimentos para atrair clientes é conhecer o seu público-alvo.

Sem conhecer a fundo quem são essas personas, você dificilmente conseguirá atingir as dores desses consumidores e, consequentemente, falhará em alavancar as suas vendas.

Existem vários pontos a serem analisados nessa descoberta do público alvo.

Por isso, o estudo precisa identificar variáveis como os hábitos de consumo, comportamentos, língua que esses consumidores falam, localização, necessidades e dores.

Pense bem, será que é realmente aplicável utilizar linguagens técnicas demais para públicos com um nível de escolaridade baixo? Ou, será que você conseguirá atingir o seu público postando em uma rede social que a maioria deles não acessa?

É preciso estudar o público-alvo para investir tempo e criatividade para entregar o seu marketing ao público que deseja o que você tem a oferecer.

2.      Utilize as redes sociais a seu favor

Estamos vivendo no século 21, os anos de ouro da inovação tecnológica e se você é varejista e deseja acompanhar as tendencias, as redes sociais pode ser uma grande carta na manga para atrair clientes.

Engana-se quem pensa que essas plataformas são feitas somente para postar fotos das suas viagens ou criar textos de depoimento sobre uma situação que você passou na sua vida.

Na verdade, as redes sociais, em especial o Instagram, Facebook e WhatsApp, que por sinal são da mesma companhia, se mostraram grandes protagonistas no varejo.

Isso mesmo! De acordo com o The Global State of Digital in 2019, no Brasil existem 140 milhões de usuários ativos nas redes sociais.

E para melhorar, eles estão conectados por mais de 3 horas por dia.

Para aqueles que pensam à frente, então existe uma oportunidade valiosa de divulgar negócios com esse público todo disponível para ver os seus produtos.

Então, para começar a aproveitar os recursos das redes sociais, crie um perfil comercial para a sua empresa.

Desfrute das ferramentas de análise de interesses, interaja com seus seguidores, crie parceria com influenciadores digitais e aproveite ao máximo esses recursos.

3.      Atenda como você gostaria de ser atendido

O mundo já está cheio de estabelecimentos com funcionários que tratam os clientes com descaso e inferioridade.

Então, se você quer vender mais, o seu negócio precisa fugir desse círculo tóxico.

Sabemos que todas as pessoas têm dias bons e ruins, assim como os funcionários.

Entretanto, é preciso treinar a sua equipe para que todos trabalhem da maneira mais amistosa possível, a fim de oferecer o melhor atendimento para o cliente.

É claro que existem clientes hostis que podem ser desagradáveis, mas vendedores e gerentes precisam manter a postura, mesmo em frente a situações como essas.

Nesse cenário, busque oferecer sempre a melhor experiência para o cliente, porque essa experiência de excelência faz com que eles sintam vontade de voltar ao estabelecimento.

4.      Tenha uma identidade visual

É muito importante que o varejo invista na padronização dos elementos que envolve ela, principalmente porque essas empresas lidam diretamente com os seres mais críticos que há: consumidores.

Assim, tomar a decisão de criar uma identidade visual sólida aumenta significativamente a qualidade percebida de sua empresa por seus clientes.

Por isso, quando a empresa conta com uma identidade visual que facilmente remete a aquele negócio, gera-se uma confiança por parte do cliente, que se sente seguro em comprar naquele empreendimento.

Além disso, uma identidade visual de sucesso é aquela que tem uma logomarca que foge dos padrões genéricos, com cores harmoniosas. Com isso gera-se uma conformidade com todos os aspectos do ambiente, desde os cartazes até a fachada.

5.      Aposte na psicologia das cores

Você sabia que as cores têm o poder de influenciar na decisão do cliente? O estudo dessa área que entende melhor a neurologia envolvida nesse processo é a psicologia das cores.

Hoje a ciência já entende que as cores são fatores capazes de despertar emoções que influenciam diretamente na forma como os produtos são percebidos pelo consumidor.

Tendo em vista essa propriedade, os marketeiros de plantão já implementaram essa técnica em lojas e produtos e isso realmente dá certo!

Basicamente, cores específicas fazem com que as pessoas atribuam determinadas sensações.

Por exemplo, o vermelho desperta paixões e inquietudes, estimulando a energia e incentivando ações. O amarelo é otimista e jovem. O laranja apela à ação, para inscrições, compras e vendas. O rosa é romântico e feminino, enquanto o preto, poderoso e altivo, é usado para artigos e lojas de luxo.

6.      Melhore a comunicação visual do seu estabelecimento

Ainda utilizando a ciências para explicar o funcionamento da mente do consumidor, temos mais um fato: 80% de toda a informação que o ser humano consegue captar vem em forma visual.

Ou seja, se você deseja passar as informações de forma rápida e que seja facilmente interpretada por seus clientes, é preciso melhorar a comunicação visual do seu estabelecimento.

Para isso, os cartazes, bem como placas são grandes pioneiros. Portanto, aposte nessas formas de sinalização práticas e baratas para tornar confortável o momento do seu cliente no estabelecimento.

Essas ferramentas direcionadoras ajudam na mobilidade dos clientes e fornecem informações referentes a produtos e serviços.

7.      Para atrair clientes ao varejo seja estratégico ao organizar os produtos

Por último, e não menos importante, uma dica muito valiosa para atrair clientes sem grandes investimentos é utilizar a estratégia para organizar os produtos.

Para isso, você não precisa gastar nenhum real! É uma beleza, não é mesmo?

Você só precisa entender qual tipo de distribuição na seção pode atrair ou repelir esses consumidores.

A organização do layout das gôndolas pode ser decisiva no momento da compra. Ou seja, muitas pessoas desistem de comprar determinados itens por serem difíceis de acessar.

Por isso, opte por colocar produtos com maior saída na altura dos olhos, distribuindo-os de forma inteligente e atrativa.

Além disso, os cartazes de preços precisam estar em harmonia com a organização dos itens, e eles precisam ser acessíveis para os clientes, de modo que estes consigam identificar com facilidade as informações.

Gostou do conteúdo? Você pode encontrar muito mais acessando o nosso blog clicando aqui! Os artigos são direcionados a você para dar um upgrade na relação com os seus clientes!

Para te ajudar a vender mais, a  Preço Prático oferece o melhor sistema do mercado para criar cartazes de ofertas. Assim você padroniza o seu estabelecimento e atrai mais clientes! Então, acesse o nosso site e faça um teste gratuito.

Tem alguma dúvida? Compartilhe conosco nos comentários, podemos te ajudar!

Fique por dentro dos nossos conteúdos semanais!
Fique tranquilo, nunca enviaremos spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *